Vanessa Agricola

1. Nome, idade e ocupação:
Vanessa Agricola, 30 anos, Publicitária, Roteirista, Titia favorita.

2. Por que você faz o que faz, qual a satisfação que te dá?
Tem um dito: "Felicidade dividida é o dobro de felicidade. Tristeza dividida é metade da tristeza". Acho que é por aí.

3. Onde você gostaria chegar com sua ocupação? Qual o máximo que gostaria de atingir, ainda que fosse utópico?
Sabe quando você contempla alguma coisa, qualquer coisa, e então alguma coisa em você muda? Quero fazer alguma qualquer dessas. Será o máximo.

4. Que outra coisa acha que poderia fazer se não fizesse isso? Acredita na idéia de vocação (“Nasci para isto”)?
Ainda não tenho uma ocupação só. Agora mesmo estou buscando mais uma, como tradutora. Preciso de espaço, independência, silêncio... escrever me permite tudo isso. Talvez tocar violão, mas não tenho o dom. Acredito na vocação.

5. Que outra coisa você não suportaria fazer?
Política.

6. Você se preocupa com a transcendência do seu trabalho? Gostaria de alcançar a fama e a glória?
Me preocupo em finalizar esse projeto. E que fique bem feito. E que demais projetos vinguem. E que venham outros... Na minha pirâmide de Maslow transcender está lá pra cima. Fama e glória também.

7. Você acha que gênios existem? De onde vem sua capacidade especial?
Aos montes! Minha lista é interminável, vai de Fellini à Daniel Filho, o gênio na arte de fazer dinheiro com a Glória Pires. A capacidade do Fellini eu acho que veio de Deus, a do Daniel eu não sei não.

8. O que é a arte para você?
...O registro de um sentimento humano? Obra-de-arte é registro histórico.

9. Quem te inspira? Por quê?
Os homens. Por causa do amor ♪

10. O que você está lendo agora? Qual o livro preferido em sua biblioteca?
O último da trilogia Aghora, The Law of Karma. Não leio tanto, chega me dar vergonha, mas do que li, Manuelzão e Miguilim li e reli. Sei de cor as falas do Tio Terêz, do Dito, de Mãe... Sou fã do Guimarães Rosa, palavras tão simples. Faz parecer tão fácil.

11. Como é seu processo criativo? Quanto tempo passa desenvolvendo uma idéia?
Acontece. Uma conversa na fila da padaria me rende que é uma beleza. Gosto de escutar as pessoas, também sou voyeur, coloco óculos escuros e fico de butuca. Não crio, copio. O tempo todo.

12. PC, MAC ou lápis e papel? Por quê?
Mac. Porque se fosse líquido eu bebia.

13. Blog, Fotolog, Orkut, Facebook ou Twitter? Por quê?
Blog. Fotolog só na outra vida. Orkut passou. O Facebook já é quase um Twitter.

14. Existirmos, a que será que se destina?
To be or not to be...

15. Lo que piensas y lo que dices, es lo mismo?
Quem, yo?! Eu devia vir com tecla SAP.

16. Qual o melhor momento do dia para trabalhar? Por quê?
De tarde em diante. É quando eu acordo.

17. Qual seu site preferido?
Ai, não sei preferir.... Wikipedia? O preferido de hoje foi esse http://natural-selecao.blogspot.com/ e esse aqui http://desiretoinspire.blogspot.com/, cheios de lindezas.

18. É necessário muito treinamento técnico para exercer sua profissão?
Algumas pessoas dizem que não precisam. Eu preciso. Estudar, treinar, saber as regras. Criatividade eu acho é instinto, escrever não. “Escrever é reescrever”, regra numero 1.

19. Você se incomoda que critiquem seu trabalho?
Tenho três tipos de críticos. Têm os amigos, com quem eu trabalho, e os clientes, pra quem eu trabalho. Dos amigos eu imploro por críticas, só me ajudam. Os clientes não me criticam, me obrigam a digitar palavras, substancialmente, nem sei o que significam. O terceiro crítico sou eu. Ninguém me azucrina mais.

20. Acredita nisso de “não há nada de novo sob o sol”? Você gosta de experimentar e inovar?
Torço para relançam logo Frankenstein. Quero muito ver o monstro sagrado na maquiagem de hoje. Não será inovador? Discordo do autor.
Experimentar eu adoro! Só não experimento muito no consumo. Essa coisa de Higi Calcinha não é comigo, cerveja Itaipava...

21. Drama ou comédia?
Comédia. Fui inventar de escrever um drama, passei três meses borocochô e ainda perdi o concurso. Ficou tão bonitinha a história do meu Genêis...fiquei triste. Escolheram um reality bacanudo de moda.

22. Houve algum momento que tenha se dito: “Abandono tudo, não quero mais isso pra mim”?
Não abandonei a publicidade, comecei a fazer roteiro. Abandonei o salário, segurança. “Vai estudar cinema!? Vai gastar todo o seu dinheiro!?”. Fui, sem olhar pra trás. Na minha matemática ganhei conhecimento, money comes, money goes...

23. Acredita no conceito de alma, espírito, energia vinculada (ou separada) ao corpo?
Eu só não acredito na religião.

24. Você já diz “No meu tempo não era assim!” ou “Que maravilha a época em que vivemos!”?
Do meu tempo eu só gostava mais dos meus cabelos. Estamos melhor agora, com super poderes, ao lado das crianças de hoje, os super-humanos! Que maravilha poder compartilhar o mundo com eles.

25. Os seus nervos são de aço?
Costumavam ser uma piada, hoje são engraçados.

A CLÁSSICA: O que você gostaria de ouvir de Deus quando chegasse lá?
Fica comigo essa noite.

Como é seu local de trabalho?
Obrigada Vanessa! Me diverti muito com a resposta 20.
Conheçam mais sobre essa Mademoiselle aqui, e encontre-a aqui.

1 comentários:

Cachorro que Late disse...

Bonita, que evolução nas habilidades internalticas! :) Achei lindo. E que vergonha, lendo tudo isso agora...dá pra mudar tudo por uma palavra? "Ronaldo!" :) xxxx Vou lá pro Varal.